Anúncios

Parceria HSM e Entrevista com Jorge Paulo Lemann

Estou iniciando uma parceria com o portal HSM (Expo Management) para publicação dos meus artigos, o primeiro publicado foi o do E-Mala.

Como algumas pessoas vivem pedindo para eu escrever sobre empreendedorismo (o que pode acontecer muito esporádicamente), segue com exclusividade para o Blog Mais Tempo, segue uma das perguntas da entrevista com o empresário Jorge Paulo Lemann que estará na futura edição da HSM Management.
 

Como é seu processo de decisão na análise de um negócio novo?

Ao longo do tempo eu comecei a confiar e depender mais de estudos, projeções e várias opiniões, num processo decisório mais formal. Mas jamais dispenso o feeling. Corremos riscos mais baseados em sentimento do que em análises muito profundas. Eu diria que antes agíamos com 80% de feeling e 20% estudo e, hoje em dia, esse mix talvez seja 50%-50%, mas eu não gostaria de ir na direção de ser 90% de estudos e 10% de feeling. Acho que aquilo que você sente na barriga vale tanto quanto aquilo que está no papel.

plan

Por exemplo, no caso da compra da Brahma, se nós tivéssemos feito o due diligence [análise e avaliação detalhada de informações e documentos de determinada empresa e/ou seu ativo, com abordagem contábil ou jurídica] adequadamente, nunca a teríamos comprado. Logo depois da aquisição, descobrimos grandes problemas financeiros, especialmente no fundo de pensão.

Mas nós compramos. Por quê? Porque nosso feeling dizia que somos um país de população jovem, com muito calor, e acreditávamos que cerveja era um bom negócio mal tocado aqui. Para nós isso valia mais do que se o Lula ou o Collor ia ganhar ou se o fundo de pensão tinha ou não problema. Bom, basicamente estávamos certos, porque conseguimos transformar os cerca de US$66 milhões que botamos lá em 25% do que a Inbev vale hoje em dia.

Outra coisa: se eu vou investir numa empresa e você me disser que aquilo vai fabricar ouro em pó ou pimenta, não me interessa. Tenho muito mais interesse em ver quem está lá tocando a gestão, o que essas pessoas pensam, em que acreditam. Eu sou uma pessoa que aposta muito no ativo humano, essa é minha prioridade, sempre.

A entrevista é de José Salibi Neto (Chief Knowledge Officer do Grupo HSM)

Anúncios

3 Respostas

  1. É uma grande honra Christian fazer parte do seu blog!
    Jorge

  2. Parabéns pela parceria, seu conteúdo é extremamente útil e qualificado assim como a HSM, com certeza será de grande validade para todos os leitores da revista como eu. Sucesso.

  3. Muito inteligente sua parceria. Sobre o Jorge Lemann acabei de fazer um estudo de caso sobre ele no caso da compra da Brahma,foi muito legal a interação dos alunos de Empreendedorismo.

Responder

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s