Trabalhar poucas horas na semana é possível?

Recebi essa pergunta por e-mail semana passada e achei interessante de escrever sobre, pois é algo que tem se tornado uma questão comum. A resposta para essa pergunta depende do seu nível de coragem.

Não é possível trabalhar poucas horas na semana se você estiver com o “mindset” de “carteira de trabalho”. O trabalho tradicional não permite você ter um estilo de vida, onde você trabalhe poucas horas na semana. E tão pouco o empreendedorismo tradicional que na verdade cria um trabalho tradicional.

Acho que o primeiro passo para criar uma nova forma de trabalho é definir, o quanto é suficiente de ganhos mensais para você ter uma vida confortável, com espaço para investimentos e correr alguns riscos. Chegando nesse número, aumente em 30% essa quantia. Afinal, temos a tendência de subestimar nossos gastos e superestimar nossas economias, o que na prática se mostra totalmente errado.

Feito isso você precisa achar um nicho de mercado, com base em sua expertise ou até algo novo que possa adquirir conhecimento, que permita gerar essa renda com poucas horas por semana. E não precisa ser político para fazer isso acontecer. A questão não é trabalhar muito, até a última gota de suor, mas trabalhar de forma mais inteligente e com outro ritmo.

work-smarter-not-harder

Cada vez que eu volto dos EUA, vejo o quanto esse mercado de “trabalho reduzido” está crescendo. Nesta viagem, conheci uma mulher, que saiu da agência de marketing que trabalhava e decidiu fazer apenas trabalhos avulsos. Ela reduziu sua carga horária para 20 horas semanais e consegue faturar mais do que quando trabalhava na empresa.

Eu tive um funcionário há um tempo atrás que largou a área de vendas de software para ser instrutor de mergulho alguns dias na semana em Búzios. Tem casos e mais casos de pessoas que ganham dinheiro com blogs, comissão de produtos, trabalhos criativos, infoprodutos, investimentos, etc. O MercadoLivre é nosso cliente e ouvi historias de pessoas que ganham muito dinheiro, muito mesmo, só fazendo vendas pelas Internet sem sair de casa.

Possível é, mas não é para todos. A segurança da carteira de trabalho é dura de vencer. Outras pessoas simplesmente não tem esse estilo. Eu por exemplo, gosto de trabalhar, gosto de ter a empresa, funcionários, os desafios, os problemas e os concorrentes. É uma adrenalina que eu curto.

Identifique seu perfil, ache um nicho de mercado, desenvolva um bom produto com uma boa estratégia. Teste a ideia com a segurança do seu trabalho, a hora que sentir que pode dar o próximo passo, procure estratégias para automatizar ao máximo o negócio (vendas, atendimento, faturamento, suporte) e tome coragem! Se você não tentar como vai saber se poderia ter dado certo?

Deixe seu comentário sobre esse tema, se tiver bastante interesse vou voltar nesse tema com mais detalhes.

Até a próxima!

15 Respostas

  1. A última frase é a melhor (você não tentar como vai saber se poderia ter dado certo?) e sem dúvida é assim que funciona!!

  2. Christian achei excelente esta matéria. É exatamento o que neste momento em minha vida anda acontecendo e eu estou estranhando muito. Empreendi em um negócio que eu controlo de longe, não precisa de muita presença física, ou seja troquei uma carga horária de exaustivas 12-14 horas de trabalho diários, por apenas meio período diário e o melhor passei a ganhar umas 5 vezes o que eu ganhava. Sou cliente neotriad, dos seus livros e já acompanho o seu trabalho há um certo tempo e peço que você aborde mais esta questão. Abs, Arnaldo

  3. Excelente tema!!

    Trabalho como desenvolvedor web há oito anos, após concluir uma graduação em gestão da Ti (2010) percebi que tinha espaço para prover soluções de tecnologia a pequenas e médias empresas, onde por questão de preço, grandes corporações não atingiam . No começo realmente a incerteza e falta de experiência pesam muito e as vezes assombram, mas com o passar do tempo vamos aprendendo com cada projeto e cada tipo de cliente até chegar ao ponto de poder selecionar e filtrar o que realmente interessa. (Conseguir dizer não).

    Hoje com mais organização, automatização de processos e clientes selecionados, foco nesse tema, com objetivo de “trabalhar menos horas semanais”. Claro que disciplina e organização são elementos indispensáveis para quem quer fazer sua própria carga de trabalho.

    Mantive uma sala comercial até meados de 2012, quando resolvi fazer um teste por um mês trabalhando em casa, e deu muito certo, agora trabalho em home Office, suporte via comunicador instantâneo e chamados via e-mail, atendo e visito clientes (quando necessário) nas quartas-feiras.

    Próximo passo é conseguir reservar as manhãs de segundas-feiras e as tardes de sextas-feiras para planejar e fechar a semana.

  4. Um livro maravilhoso que fala sobre isso é o “Trabalhe 4 horas por semana” do autor Tim Ferris. Mudou meu jeito de ver trabalho.

    O Ócio Criativo de Domenico de Masi também é legal.

    Abs

  5. Esse tema é ótimo! Estava conversando exatamente sobre ele com um amigo meu ontem. As pessoas têm que parar de ter medo de viver e passar a procurar realizar trabalhos inteligentes ao invés de “trabalhos burros”. Quanto mais da mente (e menos do corpo) você utilizar no seu trabalho, mais inteligente ele será e menos tempo você necessitará para chegar ao mesmo resultado!

    “Se me derem 4 horas para cerrar uma árvore, passo 3 horas afiando o machado” :)

    Abraços Christian! Adorei o post!

  6. Muito bom, produtividade! De nada adianta ficar o dia todo ocioso, se vc só precisa algumas horas para entregar o resultado esperado!

  7. tenho uma loja de acessorio feminino, o mercado esta muito comcurrido,o que posso fazer para chamar mais atencao do clientes.

  8. Recentemente escolhi deixar um emprego tradicional em uma empresa sólida para ser professor. A vida acadêmica possui seus problemas, mas, em contra partida, favorece para que eu tenha mais tempo livre para dedicar a meus projetos pessoais.

  9. muito bom esse texto adoei

  10. Christian, acredito que seja um tema interessante para aprofundar porque ainda temos um mindset de séculos a respeito do trabalhar duro. É uma cultura difícil de mudar.
    OBrigado.

  11. Christian, acho que este é um tema realmente MUITO interessante, por favor escreva mais sobre.

    Realmente às vezes ficamos fechados à novas possibilidades, ao ponto de ser dificil de acreditar nesta possibilidade. Acho que a criatividade e a coragem são fatores fundamentais para esta mudança, e sem dúvida ouvir exemplos e idéias ajuda muito.

  12. Este ano resolvi mudar emprego para reduzir minha jornada de trabalho pela metade (20 horas). Com o restante do tempo, invisto em projetos pessoais que geram renda extra e caso esses projetos deem resultados, pretendo ficar somente com eles.

  13. muito proveitoso esse tema gostei muito do texto christian, parabéns e Deus te abençoe e conserve você sempre ajudando ao próximo

  14. […] O artigo de hoje foi escrito por Christian Barbosa no seu blog Mais Tempo […]

  15. Excelente!!! Eu trabalho no regime CLT e estou há 4 anos de minha aposentadoria. Tenho um hobby que me gera alguns lucros mas que quero que ser torne meu ganha pão no futuro. Não consegui largar a CLT, na verdade não tenho coragem e acredito que a essa altura do campeonato; não vale a pena… Quero trabalhar no que dá prazer, ter uma renda fixa (aposentadoria), mas trabalhar muito menos? Só o futuro poderá me dizer. Também quero ler mais sobre o assunto.

    obrigada

    abs

Responder

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s