9 Sinais que você está vivendo uma vida que não queria

Sabe o que mais tem no mundo? Gente infeliz com o que está fazendo da vida. Gente apenas sobrevivendo ao invés de viver de verdade. Gente que nunca vai conseguir ter tempo de verdade, pois não há um verdadeiro motivo para se ter mais tempo. Essa foi uma semana de encontrar gente nesse estágio da vida, dura realidade, mas cada vez mais comum. Será que você está nesse estágio? Veja alguns sinais que podem indicar isso.

unhappy

1 – Segunda-feira é um martírio

Quem acorda na segunda-feira, imaginando que está indo para um velório, sem qualquer disposição de fazer acontecer, tem um dos sintomas clássicos da sobrevivência.

2 – Reclama sem saber o porque

Tudo tá chato? Tudo é um saco? Sem vontade de fazer muita coisa? Você “bufa” várias vezes por hora com aquelas coisas que aparecem no meio do seu dia? Se você está reclamando de tudo, a toda hora, para todo mundo, você está no caminho de se tornar um “walking dead” (zumbi da vida).

3 – O dia não acaba com aquela vontade de quero mais

Sabe quando seu dia termina, você está tão cansado, esgotado e ainda tem um monte de trabalho para ser feito? Será que você sente aquele tesão de fazer um pouco mais, de tanto que gosta do que está fazendo ou não vê a hora de sair pela porta? (eu não estou dizendo que é para fazer cansado, trabalhar amis, estou só perguntando se dá a vontade..)

4 – Faz mais coisas pessoais no trabalho que profissionais

Você chega no trabalho, começa a tocar o dia, daqui a pouco começa uma preguiça e ai você começa a procurar coisas sobre seu TCC, faz coisas do seu trabalho extra, procura da sua próxima viagem, etc. Fazer coisas pessoais durante o trabalho não tem problema, se forem no tempo certo e no tamanho do bom senso. Agora quando toda hora você foge para o pessoal, ai tem algo errado.

5 – Vive procurando outras oportunidades de emprego

Você vive nos sites de emprego mandando seu currículo e buscando outras oportunidades? Esse é um outro sintoma de que algo está errado com a oportunidade atual. Querer melhorar é natural do ser humano, mas será que você tem um foco específico para isso ou está aleatoriamente buscando algo diferente?

6 – Sem tempo pessoal de qualidade

Há quanto tempo você não faz algo realmente de qualidade para você mesmo? Seu tempo pessoal é prioridade ou é raridade? Pessoas que sobrevivem não conseguem encaixar muito prazer na agenda, são apenas levadas pelo grupo em eventos sociais, mas algo que goste de verdade fica em segundo plano.

7 – Sensação de que está faltando algo

Pessoas que estão sobrevivendo, vivem com a sensação de que precisam de algo diferente, mudar a vida, dar a guinada, fazer sucesso de verdade. É um pensamento que vai e volta constantemente mas sem muitas respostas práticas.

8 – Ausência de desafios

Quem não tem um grande desafio para sua vida, algo que realmente motive de verdade, acaba entrando nesse ciclo de sobrevivência. Esse objetivo pode ser algo profissional como um novo projeto, uma meta desafiadora ou algo pessoal, como um curso, uma certificação, um empreendimento, etc.

9 – Foco no presente, futuro incerto.

Esse é um conceito para um artigo sozinho, mas o resumo é que muitas pessoas só conseguem enxergar o hoje e nem querem imaginar o que será amanhã. Vivem o presente até esgotá-lo sem criar um futuro que permita uma vida plena. A vida está tão no automático que essa construção do amanhã não é muito levada em consideração.

Quantos dos sintomas acima estão na sua vida? Se forem mais de 3 ligue o farol amarelo, se forem mais de 5 você está no farol vermelho e precisa fazer algo urgente por você. Estou preparando um conteúdo gratuito para ajudar você a sair do lugar que vou lançar no começo do ano. Se quiser participar deixa seu e-mail aqui e já aproveita para assistir esse vídeo de planejamento de ano novo que tem várias dicas para começar a viver ao invés de sobreviver.

4 Respostas

  1. Já sobrevivi com três itens dessa lista e foi um período que nem gosto de lembrar. Felizmente, nesse momento, estou apenas balançando no item “Ausência de desafios” por ainda estar indeciso por qual caminho devo direcionar minha carreira.

  2. Parabéns pelo seu artigo pois muitas pessoas vivem assim por falta de vontade de crescer na vida e acabam vivendo de mesmisse. Devemos sempre buscar o melhor pra nossa vida pois a vida é só uma e o tempo não volta atras.

  3. […] 9 Sinais que você está vivendo uma vida que não queria […]

  4. Republicou isso em Arquiteto Daltônicoe comentado:
    Christian Barbosa e seu Neotriad mudaram minha vida, literalmente. Desde que li seu livro “A Tríade do Tempo” decidir ser dono do meu. Pelo menos, quando algo dá errado na minha gestão do tempo eu consigo identificar a causa e atacar o problema, mesmo que seja eu (e normalmente é).
    Alguns anos após aplicar o método posso ao menos dizer que vivo quase a vida que queria. Mudei o foco, talvez trabalhe mais do que jamais trabalhei, mas tenho tempo para a família e um trabalho que me permite conhecer o Brasil todo, partilhando conhecimento com colegas de todos os cantos do país. Se você não se encontra onde gostaria, mude. Só depende de você.

Responder

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s