Anúncios

A Atitude do Presidente na Produtividade da Empresa

SeleçõesOntem tive a oportunidade de entrevistar para o Agenda do CEO, o Luis Fichman, que é presidente da Readers Digest Brasil, empresa global que publica entre outras coisas a revista Seleções (a revista mais lida no mundo) e atua em outras dezenas de segmentos.

O Luis é um CEO diferenciado, ele tem um foco em ajudar a empresa de ponta a ponta a ter mais tempo para o que é realmente importante. Ele por si próprio, é um exemplo de resultados e equilíbrio. Toca a operação no Brasil, interage com seus pares de outros países, faz esporte e faz questão de estar com a esposa e as filhas.

Na entrevista, que sai no mês que vem (abril/12) na Revista Você S/A e no portal, ele tocou em dois pontos que quero antecipar aqui no blog:

1- “se eu vejo que uma área está sobrecarregada, sempre na hora extra, as pessoas sem tempo, é meu dever e da empresa ajudar esse time”

Quantos gestores se escondem atrás da máquina corporativa e não tem coragem de lidar com problemas específicos, ou pior, culpam o time pelo problema ou não tem coragem de trocar pessoas deficitárias. O Luís foi categórico em afirmar que se a área tem um problema, ele tem um problema e é seu dever ajudar o time a ter mais tempo para executar a estratégia da empresa.

2 – “se 90% do dia das pessoas é luizreadersimprevisível e apenas 10% previsível tem algo errado na empresa”

Quantas vezes você ouve aquela famosa frase “nosso dia-a-dia é muito imprevisível para ser planejado!” ? Claro que tem áreas que são mais imprevisíveis que outras, como por exemplo varejo, editorial (no caso da Readers Digest), mas na visão do Luis (e na minha também) é sempre possível ser mais previsível e ter uma boa parte do tempo planejado. Se tudo realmente é urgência na área, tem algo errado, no processo, na gestão, no líder, na equipe, no excesso de prioridades ou em sistemas. Não dá para tirar todas as urgências, mas um líder produtivo sabe que elas podem ser minimizadas, com as atitudes corretas.

Eu fiquei impressionadíssimo com a visão produtiva que o Luís dá para a empresa, a forma como se preocupa com a qualidade de vida das pessoas, do bem estar individual e da produtividade coletiva. Quando você ver a entrevista vai ter vontade de trabalhar com ele!

Fique ligado no meu Facebook e no meu twitter que assim que tivermos o vídeo editado vou avisar por esses canais! Vale muito a pena investir seu tempo para ver esse exemplo e compartilhar com seus líderes.

Enquanto o vídeo do Luis não for publicado, aproveite para assistir outros CEOS no Agenda do CEO. Se seu presidente é um case interessante para o programa, veja se ele quer falar comigo e manda uma mensagem com os contatos!

Anúncios

Como Colocar um Esporte na sua Vida – Parte 2

Quero dar continuidade ao primeiro post sobre o assunto de esporte na sua vida. Estou escrevendo um pouco sobre isso para o meu livro novo, pois é impressionante a relação entre produtividade e esporte.

Comparando pessoas que praticam esporte freqüentemente com pessoas sedentárias, no quesito de capacidade de execução de tarefas diárias, é possível afirmar que os esportistas possuem mais facilidade em concluir suas atividades no dia. Isso acontece devido a uma série de fatores, incluindo seu próprio nível de energia, vitalidade, capacidade de concentração, foco e disposição.

Se você está lendo este post, pratica esporte e sentiu que seu rendimento no dia-a-dia melhorou, comente por aqui.. ajude a divulgar essa idéia saudável!

Quando escrevi a primeira parte desse post há 4 meses atrás eu estava tenista começando no Tênis, estava super empolgado. Passado esse período, eu realmente me envolvi no esporte. Já comecei a jogar melhor, estou conseguindo ir de 2 à 3 vezes na semana, perdi 2kg, estou muito mais disposto e já sinto a necessidade de complementar com outros esportes para melhorar minha performance em quadra. Minha meta era participar de um campeonato em até 6 meses (coisa que meu professor dizia que em 12 meses seria possível) mas vou participar do primeiro em Outubro (depois conto o resultado, mas o objetivo nesse é participar). Isso prova que com paixão, foco, disciplina e tempo, nossas metas saem do lugar.

Convido você a experimentar um esporte na sua vida. Veja algumas dicas para tornar isso realidade:

1 – Comece aos poucos – Se você começar andando 15 minutos duas vezes por semana já é o primeiro passo. Ninguém vira esportista do dia para a noite, é preciso tempo.

2 – Coloque uma meta – Tenha um objetivo para seu esporte, como perder peso, melhorar seu colesterol, sua pressão, etc. As métricas te motivam a manter o ritmo.

3 – Use horários inteligentes – Se você usar horários muito próximo dos horários de trabalho, a chance de imprevistos acontecerem e você furar seu esporte é grande. No começo, para evitar as desculpas de tempo, crie horários alternativos como bem à noite ou logo cedo, sábado, domingo, etc.

sports2

4 – Se viaja muito, compre “esportes móveis” – Quando estou viajando eu levo uma corda de pular profissional, cabe fácil na mala e dá um reforço no fôlego impressionante. Se esse é seu caso e como eu você não curte ir em academia de hotel, vale a pena comprar acessórios desse tipo que permitam você fazer um exercício em qualquer lugar.

5 – Visite uma loja de esportes – Nessas lojas você tem desde idéias um esporte novo para praticar até equipamentos, roupas e dicas para melhorar sua performance. Caso esteja animado com seu esporte, vale à pena investir, isso reforça sua motivação.

6 – Fale com seu médico – Antes de sair pegando pesado é preciso agendar uma consulta com um médico para checar como anda sua saúde. Peça também sugestões de alimentação ou até suplementos vitamínicos. Eu usei durante muitos anos o Pharmaton, com excelentes resultados e agora estou experimentando uma fórmula nova do Centrum (Ultra´s Men) que gostei bastante.

Não importa o seu esporte, pode ser uma simples caminhada até a participação no IronMan, o que importa é o benefício que ele irá trazer para sua saúde, longevidade e produtividade! O que não pode é ficar sentado com o bundão no sofá!

7 coisas que você precisa ler sobre estresse

imageHoje eu quero chamar sua atenção para uma coisa extremamente importante que é a sua saúde física, mental e emocional! Recentemente, uma pessoa bem próxima, teve um problema de saúde devido ao estresse. Por mais que eu visse o quadro, comentasse constantemente sobre o problema e recomendasse algumas alternativas, foi preciso a pessoa dar “bug” para dar conta que ninguém é de ferro. A coisa mais difícil do mundo é as pessoas enxergarem o óbvio, não é verdade? A gente consegue ver o complexo, mas o óbvio é tão complicado!

Cada vez mais pessoas estão sendo afetadas pelo estresse no dia-a-dia, em uma recente pesquisa da ISMA Brasil foi mapeado que 70% da população economicamente ativa está estressada. O caso de pessoas que receberam auxílio-doença devido ao estresse nos primeiros seis meses de 2011 teve um aumento de 30% comparado com o mesmo período de 2010.

Eu sei bem o que o estresse pode fazer com a sua vida e com a sua saúde. Foi preciso eu também dar “bugs” para me tocar que estava entrando em um caminho sem volta e era necessário rever minha vida.

Se você está lendo esse texto, espero que isso sirva de alerta e mudança para você. Hoje pode ser apenas um “estressinho” mas isso acumulado e sem intervenção pode minar sua saúde. É uma preocupação aqui, outra ali, problemas com a carreira, problemas financeiros, problemas de relacionamentos e ai a coisa começa.

Seguem algumas dicas que você pode fazer (ou necessita) para começar a rever o quadro de estresse na sua vida:

1 – ACEITE O PROBLEMA

Ter estresse não é o fim do mundo, você não é super homem, todo mundo está sujeito a momentos de estresse na vida. Por isso é fundamental que você aceite e previna-se para isso. Se você não aceitar ou acreditar nessa possibilidade, quando estiver “bugado” pode ser tarde demais.

image

2 – AGENDE CHECK-UPs

Você deveria pelo menos uma vez por ano fazer um check-up geral, isso significa ir no cardiologista, clínico geral, urologista, ginecologista, dentista, oftalmologista, etc. É impressionante a quantidade de executivos(as) que passam anos sem ir ao médico, só vão quando dói alguma coisa. Se esse for seu caso, põe nas tarefas ligar para o médico!

3 – GERENCIE SEU TEMPO

Quem tem mais tempo para aquilo que realmente gostaria de fazer, menor é sua quantidade de estresse. Com mais tempo, você começa a ir no médico, no esporte, tem tempo para os amigos, para a família, para seus sonhos e para você. É outra vida, a vida com mais tempo! Leia um livro (recomendo o Tríade do Tempo para começar), faça um curso, procure ajuda!

4 – FAÇA ESPORTE

Estou lendo diversas coisas para meu livro novo, mas quanto mais eu pesquiso, mais eu vejo que sem esporte não há vida produtiva. Nosso corpo não foi feito pra ficar parado, precisamos de movimento. Escolha um esporte que te motive a ir, talvez seja necessário experimentar diversos, mas uma hora você irá encontrar um que vai se apaixonar.

5 – FAÇA DIFERENTE

De nada adianta saber que está estressado e continuar fazendo o que está fazendo. É preciso mudar alguma coisa, talvez na sua alimentação, no seu estilo de vida, no seu trabalho, etc. A regra é óbvia, se você fizer as coisas do mesmo jeito, seu estresse estará do mesmo jeito. Defina áreas de mudança e comece algo novo.

6 – PROCURE AJUDA

Não tente vencer o problema do estresse sozinho, com pessoas que gostam de você fica mais fácil resolver o problema. Converse com seu chefe, converse com seus familiares, com seus amigos. Peça ajuda para marcar médicos, para te levar nos exames, para fazer algo diferente, para ir com você no esporte, para aproveitar mais sua vida!

7 – COM VOCÊ OU SEM VOCÊ A VIDA CONTINUA (duro mas verdadeiro)

Se você “bugar” de vez e for para a “matrix” dos sistemas deletados, a sua falta será sentida, pessoas ficarão tristes, mas a vida vai continuar, as coisas vão se ajustar é apenas questão de tempo. Na sua empresa vão contratar alguém para fazer o que você faz, o seu filho vai achar um amigo para conversar ou jogar bola, a sua esposa ou seu marido, vai dividir seu apartamento com a nova pessoa (ai que coisa péssima, né? rsrssr). Lembranças, valores e histórias ficarão para sempre, mas não pessoas. Um dia a coisa vai acabar para todos nós. Cabe a você prolongar isso ou acabar rapidinho, a escolha é sua. Pressa na vida é pressa para morrer. Por isso não deixe o estresse escolher isso por você, lute, mude, faça acontecer.

E você? Qual sua história com o estresse? O que faz para reverter o quadro?

6 Idéias para o Empreendedor tirar da Agenda em 2011

Eu já falei da importância de se ter uma lista do que não deve ser feito em diversos artigos e posts. No livro Mais Tempo Mais Dinheiro, dedicamos um capítulo inteiro a esse tema.

Na última ExpoManagement o Jim Collins, considerado o sucessor de Peter Drucker, falou que todos os CEOs deveriam ter essa lista de coisas a serem eliminadas do seu tempo.

Para um empreendedor/diretor ter isso muito claro é vital. Aproveitando que o ano está começando, selecionei alguns itens que poderiam ser pensados para compor essa lista:

1 – Atividades Operacionais – Se você fica o tempo todo em atividades operacionais, você trabalha NO negócio e não O negócio de forma mais ampla. Talvez esse modele esteja impedindo a empresa de crescer, de descentralizar decisões ou até de permitir você ter mais tempo para sua vida.

Como sugestão, se você usar o Neotriad ou o MS Outlook, pode classificar essas tarefas como circunstanciais ou colocar uma categoria específica. Depois, analise sempre a semana anterior, para ter uma clareza do que anda acontecendo.

2 – Reuniões sem Objetivo definido – Quantas reuniões participamos por conveniência ou porque simplesmente não queremos dizer não? Eu só tenho agendado reuniões que tenham um resultado claro para mim, todas as outras eu corto ou mudo o meio (Skype ao invés de presencial).

3 – Pular de Idéia em Idéia – Empreendedor parece que tem adrenalina em excesso, já reparou? Muitos são tão frenéticos no dia-a-dia, que ao primeiro sinal de uma idéia, já largam tudo e saem fazendo. No final, muito tempo perdido e pouco resultado prático. Seja mais seletivo, saiba diferenciar oportunidades de perdas de tempo.

4 – Controlar o Horário da Equipe – Se você tem essa mania de controlar se seu assistente chegou às 8h ou 8h10, fique sócio da Dimep, que é uma indústria de relógios de ponto! Controle resultados, projetos, entregas e não horários de forma minuciosa. Cada vez mais horário será coisa do passado, com trânsito, enchentes, Internet, temos de ser flexíveis. Se a pessoa funciona melhor chegando às 10hs e saindo às 20hs, porque não ser mais flexível?

5 – Adiar Férias – Relaxar é um item que precisa ser priorizado e não deixado de lado! Trabalhar freneticamente, sem pausas, mata sua produtividade, sua criatividade e deixa você mais chato. Tire férias curtas (3 a 5 dias) e várias vezes ao ano, o resultado é melhor.

6 – Atender alguns clientes – Se o cliente não gera lucro (não disse faturamento), não gera resultados, não ajuda a equipe e tira sua paz, talvez esse cliente não seja um cliente para você. Corta, cancela o contrato, nem pensa muito.

E você, o que acha que precisa parar de fazer para sua empresa e/ou sua vida começar a evoluir?

Que em 2011 você seja Simples, Próspero e Produtivo.

Gostaria de agradecer a todos os amigos, clientes, parceiros, fornecedores, críticos e leitores aqui do blog, dos meus livros, palestras,etc pelo ano de 2010!

Vocês me ajudaram bastante a melhorar: a Triad, diversos conceitos, nossos softwares, criar novos produtos e muito mais. Esse foi o ano que a imprensa me transformou no “Guru do Tempo” no País, mas eu me considero o Aprendiz do Tempo.

A todo dia aprendo algo novo, e tenho apenas uma única certeza com 100% de exatidão: que eu sei pouco e ainda preciso aprender muito. Vocês, mesmo sem saber ajudam muito a aprender coisas novas, a propor novos métodos, técnicas, desafios, etc.

Esse não foi um ano produtivo em termos de escrita (livros, blogs, e-books, etc), foi muito difícil escrever, a labirintite atrapalhou um pouco. Mas aproveitei para aprender, ler muito, perguntar muito e isso me trouxe um monte de novos insights que devo compartilhar com vocês em 2011 em meu novo livro.

A partir de hoje entro de férias e retorno no dia 10/01/11, acho que não vou postar no blog nesse período, então aproveito esse post final para desejar um excelente Natal e um 2011 com muitos RESULTADOS & EQUILÍBRIO.

Abaixo segue o cartão de Natal do meu Grupo de Comunicação. Tem tudo a ver com a Triad e com princípios que acredito, por isso estou compartilhando com vocês! 

Até 2011!!!!

 

005722_cartão01_violetal

Onde se Perde tempo na Execução?

Nosso instrutor e coach, Iussef Zaiden, fez um artigo muito legal sobre execução e dados de uma pesquisa. O Livro do Gary é muito bom, recomendo. Troquei alguns e-mails com o Gary e vou republicar alguns estudos aqui nessa linha assim que ele me enviar! Segue o artigo do Iussef:

Estive pensando nesses dias, o quanto nós como pessoas perdemos tempo, com coisas que são tão fora do nosso controle, ou então deixamos que esta coisas tomem conta da nossa vida.

Imagine agora, olhado para as Organizações quanto tempo se perde e o resultado que esperamos obter fica comprometido.

Lendo o livro de Gary Harpst “Revolução Revolucionaria” ele mostra como podemos perder tanto tempo que compromete a execução do planejamento estratégico.

Ele diz:

“Existem cinco tipos de erro organizacional que geram falhas de execução. Eles estão relacionados a mudança, clareza, dependência, estimativa e disponibilidade.”

“Um sistema de execução eficaz tem de abraçar os seguintes elementos: automação da metodologia, administração do tempo, alinhamento das atividades em tempo real, ciclo semanal de avaliação externa, engajamento organizacional total e avaliação de execução.”

“Uma pesquisa realizada por Gloria Marks indica que o trabalhador típico é interrompido a cada 11 minutos no exercício de sua função. Além disso, seus multitasking1estudos revelam que, em média, esses trabalhadores levam cerca de 25 minutos para voltar ao que estavam fazendo. Considerando um dia típico de trabalho, isso significa 44 interrupções em potencial por dia, e apenas 19 oportunidades de voltar ao trabalho no mesmo Período.”

“Um estudo sobre altos executivos, realizado pelo Center for Creative Leadership em 2007, revela que eles são interrompidos a cada 30 ou 40 minutos, o que gera cerca de 14 interrupções diárias. Pesquisadores da Paisley University e da Glasgow University descobriram que um típico funcionário de escritório checa seus e-mails de 30 a 40 vezes por hora, afetando os níveis de produtividade e aumentando a pressão sobre toda a equipe. A Mesmo Consultancy declarou recentemente que mais da metade dos usuários de e-mail na área de negócios são “viciados em e-mail por opção”. Seu estudo indicou que mais de 80% lia todo e qualquer e-mail que chegava à sua caixa de entrada. Precisamos de um método prático e sistemático que nos permita reduzir as distrações, manter o foco e alinhar nossa atividades diárias com as prioridades da organização. “

Iússef Zaiden Filho

Equipe Feliz gera Resultados

Estamos vivendo uma época de similaridade no mercado. A grande parte dos produtos e serviços são muito parecidos, qualidade já não é mais diferenciação, é mais do que a obrigação e quem não tiver vai sair do mercado a curto prazo.

O fator preço merece um comentário adicional, mas também já não é tão decisivo como foi em outras épocas. Com o advento da tecnologia e especificamente dos sites de comparação de preço, o consumidor está mais do que nunca no comando. Ele pode rapidamente observar quem tem o melhor preço a oferecer e na maioria dos casos a diferença é praticamente nula.starshutterstock_10000921

Outra  semana estava em uma livraria e vi uma cena que com certeza vai ser mais comum a cada dia. Uma pessoa do meu lado após consultar o preço do livro, começou a navegar no seu smartphone em um site de comparação de preços e viu que o livro estava um pouco mais caro na livraria do que o preço online de outra loja. Ele chamou o vendedor, mostrou o site e perguntou se ele conseguia cobrir a diferença de R$ 7,50 para ele levar o livro.

O vendedor com muita má vontade respondeu que ele não podia fazer nada para cobrir o preço e saiu andando. O cliente deixou o livro e o DVD que ele estava na mão e foi embora da loja. Provavelmente pensará duas vezes em voltar naquela livraria. Provavelmente não foi a diferença que fez ele desistir da compra, mas o atendimento, a falta de carinho com o cliente.

Em um mundo similar e high-tech, o empreendedor precisa estar preocupadíssimo em criar o que faz a verdadeira diferença: uma equipe feliz e de boa vontade para atender seu consumidor. Isso verdadeiramente supera qualquer tipo de processo, certificações de qualidade, sistemas de informática. Pessoas felizes fazem um atendimento excepcional e criam uma equipe feliz, que por conseqüência gera clientes satisfeitos e que com certeza vão voltar e indicar aos amigos.

Isso é óbvio, simples, mas é raro hoje em dia, não é verdade? Qual a última vez que você se lembra de um atendimento excepcional? Sua empresa tem esse tipo de atendimento que você espera? Seu concorrente tem?

Muitos empreendedores acreditam que pessoas felizes são feitas apenas por salários maiores e isso não é verdade. Dinheiro é importante, mas não é tudo. Existem pequenos “mimos” que custam pouco para a empresa e podem ajudar a criar uma equipe mais satisfeita, como por exemplo:

  • Dia do Aniversário – Experimente dar meio período de bônus para o funcionário que fizer aniversário, assim ele pode curtir esse tempo com a família e fazer coisas importantes no seu dia especial.
  • Dê tempo para eles – Processos, sistemas, metas dependem de pessoas e pessoas dependem de tempo. Invista em treinamentos e softwares de administração de tempo e produtividade, com foco em ajudar pessoas a terem maior equilíbrio na sua vida pessoal X profissional. Os resultados são visíveis rapidamente.
  • Alinhe semanalmente o time nas metas importantes da empresa e faça com que pequenas atividades ajudem a refletir nos indicadores das metas, visivelmente.
  • Faça uma pesquisa de sugestões e veja como melhorar o clima na empresa. Pequenas ações podem dar excelentes resultados.
  • Recompense e comemore. Não se esqueça que pequenas vitórias devem ser recompensadas e comemoradas. Por que só fazemos festa de final de ano? Que tal uma festa por fechar um mês acima da metas?

O que faz sua empresa única no mercado? Sua equipe respira e vive esses valores? Da próxima vez que pensar em como melhorar os resultados da empresa, não se esqueça de pensar em como tornar pessoas felizes. Isso deve fazer parte da sua estratégia empreendedora e não apenas do departamento de recursos humanos.