Anúncios

6 sintomas que você está sacrificando sua vida pelo trabalho

Que muita gente não tem tempo a gente já sabe. O problema é quando as pessoas sem tempo, começam a sacrificar sua vida em busca de algum resultado (que na maioria das vezes nem ela sabe o que é). Quando a vida se torna frenética, deixamos de lado o ato de viver e adotamos o ato de correr como padrão. Selecionei seis sintomas clássicos das pessoas que estão sacrificando demais, na busca de algo. Se você tiver três desses sintomas é o momento de repensar seu tempo. Se tiver quatro ou mais é realmente a hora de dar um basta. Procure um coach, um curso de produtividade pessoal, peça ajuda de familiares ou invista em hobbies. Pequenas coisas podem ajudar muito a mudar esse estilo de vida.

escravodotrabalho

1 – Ansiedade e Estresse

Existem pessoas que vivem estressadas e ansiosas mesmo quando não estão trabalhando, em momentos familiares ou de lazer. O estresse do trabalha, a falta de tempo não deixa a pessoa se desligar dos problemas e esses momentos pessoais acabam não sendo produtivos.

2 – Esporte se torna miragem

Quando a pessoa está sem tempo uma das primeiras coisas que ela começa a adiar é seu tempo para a prática de esportes. É mais fácil deixar de ir na academia do que dizer não para aquele trabalho de última hora. Só que ai entramos na síndrome de Tostines: a pessoa fica mais improdutiva porque não faz esporte ou ela não faz esporte porque sua produtividade não libera esse tempo?

3 – Leitura para decoração

A quantidade de livros comprados e estacionados na estante aumenta muito quando a pessoa está sem tempo. Não pelo fato de que ela não seja capaz de encaixar quinze minutos diárias para leitura, pois isso todo mundo consegue, mas porque ela está tão cansada de uma rotina exaustiva que não sobra energia para qualquer outra coisa.

4 – Perda na qualidade dos relacionamentos

Isolamento é uma palavra forte, mas ele existe em diversos degraus quando comprometemos nosso tempo pessoal. No começo, são os happy hours que você deixa de ir porque estava em reunião, depois os aniversários porque você está sem pique, depois o jantar com a namorada vira opcional e quando você dá conta, ninguém te convida para mais nada, nem nos e-mails da galera você é mais copiado. Você começa a sentir que está sendo colocado de lado e a resposta é avançar degraus nesse isolamento.

5 – Estranho no Lazer

No final de semana, nas emendas, nas férias você se sente um estranho no ninho? Como se tivesse culpa de não estar fazendo nada? Fica com vergonha de estar na fila do cinema no mesmo shopping que a equipe vai almoçar, quando está de folga? Se o lazer traz um pouco de culpa, sentimento de falta ou de que precisa de algo mais, aqui temos mais um sintoma que você está sacrificando sua vida pelo resultado.

6 – Disponibilidade Total

Outro sintoma clássico das pessoas que “trabalham para viver” é a incapacidade de desligar: os avisos de chegada de e-mails, colocar o celular no silencioso, avisos de whatsup, etc. Coisas estranhas se tornam normais: responder e-mails por volta das 23h, fazer um skype com seu chefe na sua cama ou pensar nas tarefas de amanhã enquanto está fazendo sexo. Coisas desse tipo são perfeitos sintomas que você se tornou escravo da vida. Quando você se torna a pessoa sempre disponível, pronta para qualquer coisa a qualquer hora, sempre em estado de alerta, é o momento de realmente repensar, pois você ficou indisponível para você mesmo!

Anúncios

Minhas opiniões sobre a experiência de acordar mais cedo

Conforme expliquei anteriormente, eu resolvi testar a pesquisa que fala que as pessoas que acordavam mais cedo tinham mais resultados. Particularmente, eu tenho que concordar com a pesquisa. Essa hora adicional no dia faz muita diferença e pelo que as pessoas comentaram fez para elas também.

Porém é preciso entender alguns pontos positivos e negativos dessa experiência. Em primeiro lugar acordar cedo não é algo que todo mundo goste ou até que possa fazer. É preciso treinar seu cérebro para aceitar essa mudança e fazer isso de forma harmônica com seu corpo, caso contrário, vai ter problemas com sua imunidade e disposição.

acordarcedoClaro que para o corpo se adaptar é preciso dar tempo ao tempo, ou seja, não adianta acordar cedo hoje, pular amanhã e voltar depois. É preciso dar rotina ao seu corpo. Essa foi a parte mais complicada para mim na experiência, pois como eu tenho uma agenda de viagens intensa, boa parte dos dias eu acordava bem mais cedo ou fora do padrão para poder pegar a estrada ou o avião. Com isso meu corpo nunca sabia “acordar sozinho” no horário, pois ele não tem um horário dele. Eu procurei colocar o despertador as 6h30 e seguir essa rotina, mas nem sempre foi possível.

Ter uma hora a mais no dia foi super positivo para dar andamento a algumas coisas importantes, como por exemplo, a leitura de alguns livros, a preparação do EAD da Triad, pensar na estratégia da empresa, etc. Coisas que eu faria, mas com essa hora adicional eu fiz isso e muito mais. Eu tinha uma média de planejar 7h para 10h de trabalho, com isso eu consegui aumentar meu planejamento em uma hora.

Em alguns dias eu aproveitei e fui para o tênis, o que eu descobri que durante o jogo, meu corpo não tem o mesmo rendimento pela manhã, porém ao longo do dia o exercício logo cedo faz muito bem.

A parte ruim de acordar mais cedo é que por volta das 22h eu já estou praticamente capotado, com bastante sono e isso atrapalha minha novelinha e minhas séries que gosto de ver. Uma coisa compensa a outra? Talvez! Em alguns dias eu negligencie a TV em outras optei por ela.

Em resumo eu gostei da experiência, e devo manter esse padrão na minha vida, mas claro que com bastante bom senso e respeitando os limites do meu corpo!

E você, como foi sua experiência?

Empreendedor ou Escravo?

O dia que eu for dono do meu próprio negócio, eu vou ter mais tempo para minha vida.” – Muitas pessoas que trabalham demais.

Quem já não ouviu a frase acima? Talvez você seja até uma dessas muitas pessoas que falam isso com frequência. Infelizmente, essa afirmação é uma das coisas mais irreais que vejo quando falamos de administração de tempo para empreendedores.

O empreendedor padrão é aquele cara que tem uma tendência a ser workaholic, deixar de lado coisas importantes em função “do crescimento da empresa, para aproveitar depois”, está sempre pensando em como fazer a empresa ter mais resultados e por ai vai….

A maioria dos empreendedores que conheço viram escravos do próprio negócio pois não conseguem separar vida pessoal de vida empresarial. Eu fui assim durante muitos anos e o pior é que nem percebia o quanto estava me afundando no meu próprio estresse. Veja algumas dicas para reverter esse quadro:

0 – Agende férias!

Se a empresa não vive sem você por pelo menos 10 dias é melhor você repensar toda a sua empresa.

1 – Pare e pense para onde está sua vida está indo

Se você cuida tanto da empresa e dedica-se pouco para você e suas atividades importantes, pode perceber, às vezes, tarde demais que focou seu tempo em atividades erradas. Conheço muitas histórias de empreendedores que cresceram com a empresa destruindo suas vidas e depois se questionam se realmente valeu a pena. Equilibrar sua vida pessoal e profissional é essencial para ter um futuro com sentido e sem arrependimentos.

2 – Delegue o máximo que puder! Você não é onipresente.

O empreendedor precisa ter a consciência de que outras pessoas também podem realizar o trabalho que ele faz. Ninguém é insubstituível. Isso não tira a sua responsabilidade, mas liberta-o para focar em outras atividades mais importantes. Se não é possível delegar, o crescimento da empresa estará diretamente ligado ao tempo do empreendedor, e ele pode ser bem limitado. Obviamente você não delegará definição de metas ou estratégia, mas o operacional deve ser ao máximo delegado a equipe.

vendedor

3 – Aprenda técnicas de gerenciamento de tempo e redução de estresse

Chega um determinado momento, que estamos tão assolados de urgências e circunstancias que precisamos de uma ajuda externa para conseguir enxergar uma solução. Recomendo que procure um treinamento que ajude você a incorporar novas técnicas de administração de tempo e redução de estresse no seu dia-a-dia. Elas funcionam e podem ajudar você a sair dessa fase.

4 – Coloque momentos importantes em sua semana

Não deixe os dias serem apenas urgências e circunstâncias. Comece a colocar pequenos momentos importantes em seus dias como, por exemplo, um almoço em família, sair um pouco mais cedo para ir ao cinema, pegar seus filhos na escola, praticar um esporte ou um hobby.

5 – Aprenda com suas urgências

A maioria das urgências da sua equipe e da sua rotina poderia ser evitada! Na próxima vez que uma algo urgente acontecer pare e pense como poderia evitar que esse problema se repita. Em geral com antecipação e planejamento você conseguirá reduzir as urgências.

6 – Domingos são pessoais

Sua família e sua vida precisam de você! Evite ao máximo utilizar seu domingo para trabalhar. Desligue seu notebook, seu celular, esqueça a empresa. Faça passeios com a família, aproveite seu tempo com as pessoas importantes de sua vida. Recomendamos que no final do seu domingo você planeje a sua semana, de modo a priorizar atividades importantes para seus dias e prevenir eventuais urgências.

7 – Escolha uma ferramenta para gerenciar seu tempo

Você precisa ter uma agenda eficiente, um celular, um palm ou um site na Internet que ajude você a priorizar seus dias, planejar suas metas, agendar suas reuniões, etc.

Será que você já chegou nesse ponto? Faça o teste online e descubra: EMPREENDER X VIVER

Teste: Você é Dona do Seu Tempo?

DonaTempo-capalivroSer mulher hoje em dia não é fácil, no último a pesquisa da Tríade do Tempo provou o que toda mulher já sabia: que a quantidade de urgências diárias é maior para mulheres. São muitos papéis, demandas, cobranças e problemas que fazem a mulher perder o domínio do próprio tempo.

Preparei um teste para que você descubra como anda o uso do seu tempo no dia-a-dia e se consegue ser a Dona do Seu Tempo ou se o Tempo é o seu dono!

Clique aqui para fazer o teste.