Anúncios

Entrevista para a HSM – Executivo usa Extremamente Mal Seu Tempo

hsm-logoSaiu hoje uma entrevista que dei para o Jorge Carvalho da HSM. O foco da matéria era falar sobre o uso do tempo pelo executivo, mas o papo foi tão descontraído que acabamos falando de uma série de outras coisas.

O texto conta um pouco da minha carreira, da história da Triad, dos livros que publiquei e do livro Estou em Reunião (nome oficial) que sai esse mês pela Editora Agir e também de alguns outros projetos.

Confira no link: http://br.hsmglobal.com/notas/52315-o-executivo-usa-extremamente-mal-o-seu-tempo

Anúncios

Slides da minha Palestra no Epicentro

NÃO ACREDITE NA ADMINISTRAÇÃO DE TEMPO!

EXPERIMENTE. EXPERIMENTE. EXPERIMENTE. E depois que cansar de experimentar, experimente mais um pouco.

Só com aplicação é que os resultados aparecem, o problema é que muita gente começa e desiste nas primeiras 2-3 semanas. Hoje sabemos que estatisticamente, a metodologia Triad, começa a dar resultados da quarta para a quinta semana. Na sexta semana é que você começa a solidificar o processo.

Recentemente eu passei por isso, usei minha vida toda o barbeador manual da Gillete (Mach X), e sempre tive uma terrível irritação de pele. Meu irmão chegou a usar um barbeador elétrico por umas duas semanas, mas ele dizia que era muito ruim. Acabei acreditando e por quase 10 anos, por pura indução, nunca quis um barbeador elétrico.

Nessa minha última ida pra NY, eu estava na Best Buy procurando um celular, e fui perguntar se tinha um modelo para a vendedora. Ela disse assim: “não, mas tenho uma coisa que sua pele vai gostar. Vem comigo.” Ai ele me mostrou o barbeador elétrico Philips Norelco. Ela disse que o marido dela também tinha uma terrível irritação e que melhorou com o uso do aparelho.norelco

Eu agradeci e disse que comigo não iria funcionar (olha o poder da crença induzida!), contei até a história do meu irmão. Ela pegou na mão o aparelho e disse: “não acredite, experimente. se não funcionar em 30 dias, a Philips devolve o seu dinheiro.”.

Quando ela disse isso lembrei da frase acima que falo sobre administração do tempo, não teve como não comprar. Hoje faz exatos 30 dias que estou usando o tal Norelco.

Na primeira semana, pensei em desistir. Eu tinha de me barbear e esperar uns 20 minutos para a pele ficar vermelha, de tão roxa que ficava (parecia fantasia de Hallowen). Na segunda semana, comecei a achar que ele não cortava direito. Na terceira, a pele começou a ficar menos irritada e o corte foi ficando mais suave. Na quarta semana o corte ficou perfeito, bem rente, e a irritação é quase nula. RESULTADO: NÃO ACREDITE! EXPERIMENTE.

Abaixo segue o depoimento do Gérson (ex Coffee MAN), que já fez alguns comentários aqui no Blog. Eu a minha equipe temos ajudado ele desde o primeiro contato no uso das nossas ferramentas. Recentemente ele mandou um e-mail muito bacana, contando sua experiência. O depoimento dele, pode ajudar você a EXPERIMENTAR também uma metodologia de Administração de Tempo.

Agradecimento.

Tem um ditado diz: – ”Quando o aluno está pronto, o Mestre aparece!”.

                        Tenho que acreditar nisso porque já aconteceu pelo menos quatro vezes na minha vida.  A penúltima, foi o emprego que tenho hoje. Recém tinha terminado um curso de Controladoria e Custos, e estava trabalhando em um escritório de contabilidade, quando esta oportunidade surgiu. Meu último empregador, Rogério Villlela, que me indicou para o cargo. Hoje uso exatamente os ensinamentos do curso, e no novo emprego, implantei controles contábeis que ajudaram bastante à empresa.

                         Em agosto do ano passado, vendo meu computador, por entre as pilhas de papéis, encontrei (não sei de onde) o site do Mais Tempo. Que devorei instantaneamente, lendo tudo que podia e imprimindo tudo que o site tinha. Fiquei fascinado com as possibilidades de organização e rendimento. E era isso que eu precisava rendimento. Tinha assumido espontaneamente várias funções que antes não tinha dono antes, e o dia estava ficando cada vez mais curto, e as pilhas de papéis cada vez mais altas. Já conseguira automatizar vários controles, através do Excel, que diminuíram em 3/4 o tempo de algumas funções, mas isso deu brechas para mais funções.

                          Pois bem, aderi de corpo e alma ao Mais Tempo; comprei o software, comprei o livro, enchi o saco das caras do suporte, fucei em tudo que podia no programa até conhecer cada comando. Confesso que foi um pouco difícil, além do pouco tempo que tinha, ainda tinha que começar a organizar os meus papéis nos moldes da metodologia. Dar horários, estabelecer tempo para as coisas, dizer qual coisa ia fazer primeiro, cumprir a lista, não via como isso podia me ajudar Na primeira programação que fiz, no espaço pra colocar o tempo da tarefa, tive vontade de escrever: “Se ninguém me atrapalhar, termino em 1h".  E neste dia, o somatório das tarefas, dava quase 12 h. Ficar até mais tarde era bem comum nesse tempo. Em uma semana específica, cheguei a trabalhar 12h por dia, todos os dias.  E o pior que a pilha não diminuía. Quase colei uma foto minha, na geladeira, para que não chamassem a polícia quando me vissem entrando pela porta de casa, afinal quase não me viam! Era comum também fazer duas, três coisas ao mesmo tempo; quando estava fazendo uma coisa complicada e demorada, chegava alguém com uma coisa simples, mas urgente (para ela), fazia esta "simples" por cima da "complicada". Caos total. Já não me lembrava se tinha enchido a xícara de café, ou quantas já tinha tomado. Então fiz um controle; Medi a capacidade da xícara atual, e contei durante uma semana, quantas xícaras eu tomava, marcando um papel, colado na mesa, ao lado da xícara. No final da semana, eu descobri que tomava incríveis, 1,5 litros de café, POR DIA. Era quase  o Coffe-Man. Super-herói zumbi!

                          Hoje ainda tomo café, mas troquei a xícara por uma menor, e tenho um limite de xícaras por dia.  À medida que ia me familiarizando com a metodologia, e com o, imprescindível software, meu nível de loucura foi reduzindo e hoje está em níveis aceitáveis, (se é que eles existem). Ainda falta muito pra usar 50 % da capacidade do software, mas meu rendimento cresce a olhos vistos. Já recebi comentários de colegas que disseram quando vêem a minha mesa cheia: “bhá muito trabalho hoje, não? Mas eu vejo que a tua mesa sempre esvazia!”. E esvazia mesmo! Hoje minhas tarefas estão listadas na semana de maneira ordenada. Determinei que cada coisa fosse feita em um dia específico, e criei uma tarefa recorrente semanalmente, para já deixar programado este dia. Faço as coisas na ordem que eu as coloco; as mais fáceis primeiras e as mais complicadas depois. Depois das férias, um pequeno acúmulo foi resolvido em uma semana. Faz três dias quase que  a minha mesa esta…. VAZIA! Sem nada. As tarefas estão adiantadas. Se precisasse ter uma medida, diria que estou três dias adiantado com minhas funções. Cheguei mesmo a ficar sem nada para fazer!!! Isso é a glória!!

                           Mas tudo tem um motivo. Hoje meu chefe viajou. Vai fazer um curso. Não vou poder com sua ajuda preciosa, e com suas soluções geniais por que….. ele viajou….. para a Austrália, e vai ficar lá sete meses. Fiquei com boa parte das funções dele, até sua volta. E é notável a preocupação dos colegas com meu acúmulo de funções. Mas eu estou tranqüilo. Eu controlo meu tempo, minhas funções, meus deveres. Estou absolutamente preparado para este desafio. Agora imaginem se eu ainda fosse o Coffe-Man??? Não teria condições de assumir outras funções, se já não dava conta das minhas!

                            Portanto, meu caro Christian, eu tenho muito a agradecer. Afinal mais uma vez o mestre apareceu, quando o aluno estava pronto!

Gérson Worobiej

 

ps.: para as outras pessoas que também enviaram depoimentos, estarei, se você autorizou publicando também!

Metodologia na prática

Essa semana recebi um e-mail do André Luis, que adquiriu o Triad Software e o livro para aprender a administrar seu tempo. Segue o e-mail dele e a forma que customizou a metodologia Triad no dia-a-dia:

Chamo-me André, tenho 21 anos, sou graduando em administração pela PUCPR e moro em Curitiba-PR.

Escrevo porque estou bastante satisfeito com o produto que adquiri há pouco mais de um ano….A partir da metodologia da Tríade do Tempo criei meu próprio jeito de gerenciar minhas atividades e meu tempo. Inclusive envio em anexo uma imagem que mostra como tenho feito isso.

Sinto-me muito feliz por conhecer já jovem todos esses conceitos da administração do tempo. Desde há muito eu sou atraído por temas que revelam conteúdos importantes para se levar uma vida mais natural e feliz. Temas que vão desde a inteligência emocional e produtividade até a gestão do tempo. Hoje, com auxílio da metodologia, estou aprendendo a focar no que é essencial, no que gera resultados tanto para mim quanto para os outros, no que dá impacto e traz felicidade. Com a metodologia estou unindo muito do que estou aprendendo na graduação de administração e, desta forma, adéquo o processo de 5 fases à minha maneira e ao que conheço….”

Segue o modelo de aplicação do André:

aplicacao-andreluis

Obrigado pela colaboração André e fique a vontade de compartilhar suas dicas com os leitores aqui do Blog!

Seja a Mamangava

A primeira vez que fiz o Empretec (curso para empreendedores da ONU/Sebrae) na minha vida, teve uma frase que o instrutor falou que me marcou:

“Foi estabelecido cientificamente que a mamangava não pode voar. Sua cabeça é grande demais e suas asas pequenas demais para sustentar o corpo. Segundo as leis da aerodinâmica, ela simplesmente não poderia voar. Mas ninguém disse isso à mamangava. E assim ela voa”

mamangava2

A mamangava é a abelha que faz a polenização do Maracujá e outras plantas, pelo que pesquisei. É também um lema, uma forma de você encarar a vida, que adotei pessoalmente.

Quando eu comecei a Triad todo mundo me chamava de louco, falavam que não ia passar dos primeiros meses, etc…. enfim, a empresa cresceu e agora estamos a um passo de atuar no mercado americano pra valer.

Fechamos com uma das maiores empresas globais de alimentos uma série de soluções Triad, não teve pra Covey, Allen, Smith, Mission, etc. Uma empresa brasileira ganhou por inovação, conhecimento e resultados.

É impressionante o quanto o brasileiro não valoriza o brasileiro, quando falamos que a Triad é nacional o pessoal faz cara desconfiança, se falasse que era americano, já confiam.. Brasileiro não gosta de ver Brasileiro dar certo. Brasileiro não acredita em Brasileiro!

Outro dia li um comentário de um cara que falava que a metodologia da Triad fez sucesso lá fora do dia pra noite. Mentira! Eu demorei 10 anos pra fazer sucesso do dia pra noite. Nada acontece sem esforço.

Agora, meu próximo desafio euaé fazer o americano aceitar que um “ser não americano” possa competir de igual para igual com eles… mas eu vou junto com a mamangava… pelo menos cabeça grande nós dois temos! ahahahah

Em breve conto para vocês as novidades pelo mundo gringo….

Produtividade Corporativa

Participei de um evento de um cliente Triad da indústria farmacêutica (Boehringer Ingelheim – BI), que foi o evento de lançamento de um programa Triad de Produtividade Corporativa, que envolverá toda a empresa ao longo de um ano.

003628_estudo marca1 O nome do programa escolhido foi a Cápsula do Tempo háBIl, devido a toda uma temática que foi desenvolvida. O lançamento teve um lounge com café e alfajor da HAVANA, apresentação do programa a todos os funcionários pela equipe de RH (incluindo a diretora de RH do Brasil). Simplesmente um SHOW, em todos os sentidos.

Todas as empresas têm problemas de administração de tempo de alguma forma, em geral na época do resultado da pesquisa de clima é notório que o indicador de qualidade de vida sempre é um dos mais baixos e ai que começa a correria por palestra, cursos, ginástica laboral, etc. Resolve? Nem sempre!

Soluções pontuais resolvem problemas pontuais, quando a empresa precisa criar uma nova cultura de produtividade é preciso mapear o problema, criar um programa específico, desenvolver indicadores, envolver os stakeholders, criar um comitê de mudança, definir estratégias de atuação, etc.

Se não levar a questão com profundidade a cultura não muda, as pessoas não se envolvem e os velhos hábitos retornam rapidamente.

E na sua empresa? O que você ou seus líderes fazem para melhorar a produtividade corporativa?

TRIAD no ConaRH

triade-logo

Hoje começa o CONARH 2008, a maior Feira e Congresso de RH da América Latina.

Neste ano estamos patrocinando o Espaço Mulher, no qual estaremos com nossa equipe mostrando soluções de treinamento, consultoria, software e programas de produtividade.

No dia 20 e 21 farei 4 palestras sobre produtividade e administração de tempo para RH.

Maiores informações sobre o CONARH: www.conarh.com.br

ps.: A TRIADE DO TEMPO, mudou de nome para TRIAD, a mudança é a contribuição do Roberto Justus para criar uma marca internacional para a Empresa. Essa marca estará sendo utilizada em todos os nossos escritórios mundiais, com início no Brasil.