Anúncios

10 dicas para evitar o estresse nas suas viagens de férias

Eu vou sair de férias nessa quinta-feira, depois de um ano cansativo em termos de viagem e desenvolvimento de produtos. É merecido um tempo com as pessoas mais importantes da minha vida.

Muitas pessoas vão fazer a mesma coisa, várias empresas entram em férias coletivas, muita gente vai viajar e outras vão aproveitar para fazer os preparativos de festas de ano novo.

home-travel-garden-stress-travel-anxiety

Infelizmente nesse momento a correria, falta de planejamento e a última hora são fatores constantes de estresse. Para não fazer as férias começarem com o pé esquerdo, veja se alguma dessas dicas pode te ajudar:

1 – Faça um checklist da viagem – Reserve uma hora do seu tempo para pensar em tudo que precisa preparar ou levar para a viagem. Faça uma lista, imprima e vá “ticando” os itens conforme concluir a atividade. Deixe uma cópia em cima da mala e a outra na carteira, pois assim você aproveita qualquer momento para acrescentar ou executar itens.

2 – Separe os documentos – Canso de ver gente em aeroporto com documentos vencidos, passaportes que ficaram em casa, etc. Verifique validade, procurações, carteira de motorista, cartões de crédito, etc. Em viagens internacionais a atenção deve ser redobrada. Selecione todos os documentos, coloque em um saco plástico com fecho para evitar perdas.

3 – Deixe as contas em dia – Não adianta ir viajar e lembrar que tinha que pagar a luz e esqueceu o boleto em casa. Vai pagar multa e ouvir um monte. Por isso se possível deixe as contas em débito automático, ou tire uma xerox e leve o boleto com você para pagar via Internet. Deixe o original com algum parente ou amigo que em caso de emergência, quebra o galho de pagar para você.

luggage14 – Pense nas malas – Eu sou viciado em malas, sempre que viajo pra fora compro uma mala. Tenho mais mala que espaço. Eu sempre acabo sendo econômico no que vai e me ferro com o que volta. Por isso, dessa vez eu vou levar malas adicionais e caso precise não vou comprar mais um jogo. Revise se tem os cadeados adequados e se o zíper e o tecido estão em bom estado. Nada pior que uma mala arrebentada e suas cuecas na esteira do aeroporto, já pensou você catando cueca suja na esteira que ridículo?

5 – Pense no clima – Não custa nada antes de viajar revisar o clima do local. Tem lugares como o Nordeste do Brasil que não tem erro, vai ser calor. Agora a Disney nesse mesmo período pode ser calor ou frio, por isso revisar a temperatura não te coloca nem em frias nem em saunas, e ajuda a fazer uma mala mais consciente.

AirportSecurityCheckInLine6 – Pense nas desgraças – E se perder o cartão de crédito? E se perder o passaporte? E se o hotel não tiver a reserva? E se a casa alugada for golpe? E se alguém ficar doente? Pensar no “E SE” ajuda você a precaver alguns problemas. Eu coloco no Neotriad o telefone do consulado, da operadora de cartão de crédito, meu cartão de seguro, hospital melhor e mais próximo do Hotel que vou ficar, etc. Problemas podem acontecer, sofrer com eles na pressa é opcional.

7 – Passeio com tempo é melhor – Chegar no lugar e sair procurando algo para fazer pode ser legal por um lado e um tormento por outro. Em muitos lugares a última hora é cara e muitas vezes não tem disponibilidade. Por que não procurar na Internet passeios, reserva de carros, restaurantes, tickets para shows, etc.? Deixar para a última hora corre o risco de ficar sem, pagar mais caro ou não desfrutar do melhor.

8 – Deixe o trabalho em dia – Antes de sair de férias, deixe o trabalho em dia para evitar ser interrompido no seu descanso. Mande um e-mail com alguns dias de antecedência para seus pares, chefes ou subordinados com o que está pendente, com o que deve ser feito, ou documente suas funções e treine quem ficará no seu lugar.

9 – Pense na comunicação – Se a viagem é para fora do País, pense em como irá se comunicar com os familiares. As empresas de celular têm planos internacionais (que custam os olhos da cara), mas precisam ser habilitados. Se você tiver tempo vale pesquisar a operadora do local que você vai, pois muitas delas têm planos específicos para curtos períodos e vale mais a pena que aquele celular “mequetrefe” que você compra no aeroporto com cartão que custa o triplo.

10 – Passatempo para as crianças – Se você tem filhos como os meus, eles não curtem muito Baggio-420x0dormir na viagem e gostam mesmo é de se provocar o tempo todo. Mente vazia é besteira na certa. Que tal comprar um gibi, um livro, carregar o PS2, etc.? Se a paz não reinar na viagem, lembre-se que a culpa não é das crianças que estão fazendo o papel delas, é seu que não preparou o território.

 

Gostou das dicas? Então não deixe pra depois, compartilha com a família, imprime esse post, e vai “ticando” conforme for realizando. Assim você não intelectualiza as ideias, mas realiza de fato!

Boa viagem!

Ps.: como estarei de férias, vou deixar o blog e o Facebook sem atualizações por um tempinho!

Anúncios

Como manter sua produtividade nas viagens?

Algumas pessoas tem como parte de seu trabalho, a realização de viagens constantes. Muita gente acha isso o máximo: não ter rotina, cada dia estar em um lugar, aprender culturas diferentes, ganhar um monte de milhas, etc. O problema é que esse “glamour executivo” passa rápida para quem o vive constantemente.

O Felipe Pinto, é uma das pessoas que passa por isso, ele mandou essa pergunta para o blog: “estou realizando viagens frequentes e gostaria de saber como você se planeja para continuar produzindo bem mesmo com essas significativas quebras de rotina. Pois, minhas viagens acabam tendo horários previstos de saída/chegada bem diferentes do planejado inicialmente e acabo tendo dificuldades de aproveitar os intervalos de tempo livre durante a viagem.”

Durante viagem, a produtividade tem a tendência a cair, é natural, com nossa infra estrutura aérea pior ainda, mas veja algumas dicas que podem ajudar você a manter a sua performance:

Tenha tempo – Chegar com antecedência no aeroporto é importante, dá tranquilidade. Se você chega no último minuto, precisa correr para embarcar e tudo se transforma em estresse: o check in pode ter fila, você pode ser obrigado a enfrentar filas no raio X, quando chega na aeronave não tem mais espaço para suas malas e por ai vai. Isso só aumenta sua irritação, sua pressão e seu estresse, ai tudo fica um porre e a sensação da viagem só piora.

Utilize as salas VIP – A maioria dos aeroportos tem salas VIP, de cartões de crédito ou das cia. de viagem. O simples fato de ter onde sentar, ligar o micro ou ver TV, tomar um bom café e comer alguma coisa ajuda a relaxar. Vale a pena o investimento em trocar seu cartão de crédito ou ter fidelidade de alguma cia. Aérea para aproveitar esse benefício.

Relaxe durante o voo – Voar por si só é cansativo, suga sua energia. Tudo que você puder fazer para tornar o voo mais relaxado, melhor. Se você gosta de ler, leve seu livro, se gosta de ver filmes, baixe no seu computador ou tablet. Se gosta de dormir, durma. Só evite bebidas alcóolicas e refrigerantes que podem prejudicar o voo. Eu não dispenso meu tablet com meu Kindle para ler livros ou ver meus filmes. Porém quando eu estou cansado eu durmo mesmo.

Alimente-se corretamente – Uma das coisas que mais aprendi, principalmente nos voos de longa duração ou com fuso horário diferente é a importância de uma correta alimentação. Eu evito ao máximo horários de voo que vou perder meu almoço, pois isso simplesmente desregula toda minha produtividade. É vital antes de voar, tomar café, almoçar ou tomar um lanche. Durante o voo, a cada 3 horas vale o consumo de uma barrinha, de um amendoim, etc.

Planejamento prévio – Um dos maiores fatores de procrastinação de tarefas é justamente quando a pessoa tem viagens ou deslocamento para reuniões. Nesses dias o melhor é fazer uma agenda “light”, ou seja, planejar o mínimo de atividades possível. Eu uso dias de viagem apenas para checar e-mails e fazer “follow up” rápidos. Se eu coloco algo mais complicado pra fazer, simplesmente a energia não aparece. No caso de viagens internacionais, eu nunca agendo nada no próprio dia, tenho pelo menos 1 dia livre antes de qualquer coisa importante, pois isso permite adaptações ao fuso ou correção de eventuais problemas que podem acontecer.

Coloque seu hobby – Sempre que vou viajar e tenho um intervalo superior a 3 horas para algum evento ou reunião, eu coloco uma partida de tênis na agenda. Eu já procuro antes quadras próximas ao hotel e checo a logística. Isso me ajuda a relaxar, liberar endorfina e ter disposição para o que vier. Sempre que possível coloque seu hobby na viagem, seja ela qual for, vai ajudar a manter sua performance.

Trabalhar na viagem – Eu parei de trabalhar nos aeroportos, só faço isso em caso de emergência. Não digo que você tenha de fazer isso, mas para mim o cansaço mental não compensava o resultado. Prefiro trabalhar em um momento com maior disposição, pois o trabalho vai render mais. Prefiro chegar no hotel, jantar, ver minha novela e ai tocar o que precisar, afinal estarei sozinho mesmo então não tem problema trabalhar nesses horários!

Se tiver alguma dica adicional, fique a vontade de compartilhar nos comentários, no post 10 coisas para tornar suas viagens de trabalho mais rápidas e agradáveis, tem algumas dicas adicionais!

Semana Complicada

Esta é uma semana daquelas! Deus está testando a minha gestão do tempo a cada minuto. Ontem foram 17 tarefas que foram concluídas no meu Neotriad, mas precisei ficar um pouco além da hora.

Esse mês tenho três grandes entregas: o Livro de Reuniões (Estou em Reunião – Editora Agir) que sai na última semana de maio, a entrega do texto do livro Mais Tempo Mais Dinheiro, o lançamento da nova versão do Neotriad e toda a plataforma Neotriad para o mercado americano.

balance

Com tantas coisas grandes acontecendo o tempo precisa ser mais do que administrado, busquei minimizar o volume de reuniões e eventos.

Mas essa semana saiu fora do padrão. Vou ter 5 palestras nessa semana, começando hoje em Tocantins – Palmas, amanhã em São Paulo, quinta Curitiba, Sexta em São Paulo novamente no evento de Help Desk da HDI e sábado para um cliente de Santos (Indaiá Logística – primeiro cliente Triad de Santos).

Como estou focado no livro Mais Tempo e Mais Dinheiro esse tempo de viagens ajuda a escrever, mas prejudica a energia para qualquer outra coisa. A minha saída: planejar minuciosamente a semana, deixar tempo livro para mim, tirar coisas complexas para outro momento, Pharmaton e aproveitar momentos como esse no aeroporto para  escrever.

EUA – Parte 2 (Férias)

disney2

Eu mais do que ninguém preciso viver aquilo que prego para as pessoas que buscam mais equilíbrio na sua vida e sempre recomendo que aproveitemos todos os momentos possíveis para atividades Importantes.

Depois do trabalho, como sou viciado pela Disney, pela história de Walt Disney e tudo que ele representa reservei uns dias para passar por Orlando, com toda a família.

Nem precisa dizer que as crianças adoraram, meu filho mais novo (3 anos) ia às montanhas russas, dizia que gostava mas que não queria ir de novo, muito fofo! Meu filho mais velho aproveitou bastante.

Todo dia chegávamos por volta das 10hs no parque e só voltava pro hotel por volta das 21hs! Andei e suei naquele calor como nunca. O parque estava cheio, diferente do ano passado que nessa época estava mais tranqüilo. Pela primeira vez vi um volume grande de Indianos e Chineses, o americano em si não está gastando muito, então os turistas é que tomavam a cidade mesmo.

Dessa vez não comprei muitas coisas para mim, mas consegui achar uma mochila da SwissGear para notebook fantástica, ela é super leve, tem estabilizador (fica de pé em qualquer circunstancia), tem espaço para tudo e também protetor de impactos para celulares, além do próprio notebook. Na Best Buy paguei US$ 78, por aqui cheguei a ver por R$ 450,00.

Os amigos pediram para ver o Iphone e o notebooks, mas a diferença de preço não chegava a compensar como antes. Mas eu fui atrás do Nintendo WII e achei por US$ 349 com overprice (porque está em falta por lá) . O negócio é impressionante, nunca fui de gostar muito de videogame, mas nesse caso é diferente. Eu to até com dor no corpo de tanto jogar Tênis, tive de comprar uma TV para aproveitar melhor a brincadeira!!!! O legal dessa história é que reuniu ainda mais a família, todo mundo fica junto conversando e jogando.

A única parte chata da viagem foi que utilizei um serviço de transporte da CBC Transportation, que sempre recomendei pela pontualidade, preço e qualidade. Mas dessa vez pisaram na bola, a motorista (que por acaso era Brasileira) disse que meu filho rabiscou o banco com caneta e que teríamos de pagar (detalhe: ninguém tinha caneta e eu já tinha visto o risco quando sentei no carro). O preço da desonestidade: US$ 100, o custo para ele: não indico mais, está aqui no blog e perdeu todas as outras viagens.

Assim que cheguei já viajei para Goiânia, Minas e agora estou indo para Belém! Eu tirei férias, mas preciso de férias das férias, porque cansou demais..hahaha

Como Manter a Produtividade com Viagens constantes

tam-a-330

Desde março tenho viajado praticamente todos os dias para realização de reuniões, palestras, treinamentos e consultoria. A vida de palestrante é assim mesmo (e de outras profissões também), mas eu sou empresário e preciso ter tempo pra fazer a empresa crescer e evoluir.

Muitas pessoas questionam sobre isso, como manter a produtividade, as pendências em dia e o equilíbrio pessoal X profissional com tantos deslocamentos que algumas áreas profissionais exigem.

Por experiência própria e conversando com alguns executivos, separei algumas dicas que podem minimizar esse impacto dos deslocamentos constantes:

1 – Opte por vôos noturnos

Sempre que possível escolha vôos após o horário de expediente, eles evitam que você perca um dia de trabalho com deslocamento e deixam você no horário de dormir quando chegar.

2 – Planeje menos atividades diárias

É uma ilusão achar que você vai conseguir produzir no mesmo ritmo que produz no seu ambiente de trabalho, a recomendação é que você reduza em no mínimo 30% suas prioridades diárias.  Quando dou treinamento ou consultoria (em geral 8hs de duração), eu só tenho disponível o intervalo de espera no aeroporto para o vôo ou a noite (caso fique dois dias na localidade) e em ambos os casos, eu já estou cansando e consigo apenas executar atividades simples, não consigo escrever ou criar nada complexo. Não tenho o que fazer, esse é o meu bioritmo, quando tento ultrapassá-lo, meu corpo sente o estresse.

3 – Delegue por e-mail e confirme por telefone

Quando você está fora e precisa delegar atividades para sua equipe, a melhor sugestões é pecar pelo excesso de explicação do que pelo erro na execução. A sugestão é enviar um e-mail com o que deve ser feito bem explicado (explique o que deve ser feito, como deve ser feito, o resultado esperado e qualquer informação adicional que se faça necessário). Avise no e-mail que entrará em contato para explicar a tarefa. Quando possível ligue para a pessoa e fale sobre a tarefa que você enviou, tire eventuais dúvidas e confirme o entendimento.

É muito crítico quando estamos fora deixar tarefas importantes sem esse tipo de acompanhamento, lembre-se que na delegação o erro é sempre de quem delegou e não do executor.

4 – Pharmaton

Pharmaton_institucionalQuando a Boehringer Ingelheim se tornou cliente da Tríade do Tempo, a Daniela  que faz parte da equipe de RH me falou sobre o multi-vitamínico Pharmaton, que é um composto com Ginseng, vitaminas e minerais que ajudava no controle diário da nossa energia e controle da fadiga. Como eu sou desconfiado, resolvi experimentar (eu já usei o Centrum, o da Herbalife e outros) e fiquei muito impressionado com o resultado. Ele dá uma energia e aumenta muito minha capacidade mental. SHOW mesmo, vale a pena experimentar!!!!

5 – Smartphone com Web

A vantagem de um smartphone em viagens é insuperável, a possibilidade de ver meus e-mails em qualquer lugar, de acessar o Neotriad e ver minhas prioridades é vital, impossível viver sem! Recomendo que seu smartphone tenha a possibilidade de acesso a Intenret (como o VivoZap ou TIM), pois evita de levar um aparelho para conectar a Internet e o smartphone. Se ele tiver bluetooth melhor ainda, pois nem precisa tirar o celular da mala para conectar o notebook.

6 – Não se cobre demais

Mais importante de tudo é entender que tudo na vida tem um ritmo e que quando você tentar ir contra esse ritmo natural das coisas, o estresse aparece. Em viagens sua produtividade tem uma tendência a cair, é normal, não se cobre demais, não se exija demais.  Tente relaxar e fazer o máximo que conseguir sem ir além de seus limites. Você acha que não me incomoda ficar sem escrever pro blog ou um artigo? Deixar de pensar no novo software? Claro que sim, mas se eu forçar a barra vou me prejudicar, então aprendi a controlar meus instintos!

Aproveitando Tempo em Viagens

Segue mais uma colaboração do Ernani Rios, com dicas que ele utiliza para aproveitar melhor seu tempo na espera de viagens:

Um fator comum nos aeroportos, rodoviárias e etc… e a espera para embarque.

Esse tempo, 30 minutos, pelo menos, pode ser muito bem aproveitado!Abaixo, listo algumas dicas/sugestões:

1. Leitura

Um bom livro (ou mais) pode(m) ajudar você a ganhar tempo enquanto espera. Jornais e revistas podem ser lidos para atualizações de noticias.

2. Notebooks e smatphones

A utilização de notebooks e smartphones é muito comum em aeroportos.

Muitas pessoas os utilizam para enviar/responder e-mails, escrever textos (artigos, relatórios, trabalhos e outros…), navegar na Internet ou até mesmo para jogar (alguns jogos ajudam a aliviar o stress do dia a dia :) )

3. Reuniões

Algo até engraçado, mas muitos aproveitam esse tempo de espera para discutir assuntos de trabalho.

É importante lembrar que algumas informações são confidenciais! Portanto, cuidado ao conversar em locais públicos

4. Ipods, discman e walkman

Muito utilizados, os ipods podem ser utilizados para ouvir blogs, aprender uma nova língua (alguns cursos de línguas eram vendidos em fitas k7 há algum tempo!), ouvir noticias por radio e etc…

Essas são algumas dicas simples para aproveitar melhor o tempo de espera.

P.S. Esse artigo foi escrito num smartphone durante uma dessas esperas…